segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

É fim do ano, bebê!


Pois é, Natal passou. É  hora de aguardarmos o Ano Novo. Hora essa que a gente aproveita para fazer um balanço do ano, ver o que acertamos, erramos, o que fizemos ou o que deixamos de fazer. De relembrar os sorrisos, das lágrimas, de tudo que preencheu nossa vida ao longo destes 365 dias.

Eu por exemplo, não aprendi espanhol. Muito menos italiano. Não comprei muitos livros. Nem  carro. Não fui bem remunerada. Me estressei nas minhas aulas. Perdi a paciência com alunos mal educados. Ralei que nem uma louca na monografia. Não fui ao dentista como deveria. Fui à poucas festas. Não dancei o quanto gostaria. Por sábados tive o tédio como companhia. Não namorei. Continuei o tendo por perto. Beijei de menos. Descobri que sou mais ciumenta do que imaginava. Perdi noites de sono.Ganhei inúmeras olheiras. Obedeci ao meu coração. Insisti no que sentia. Fui teimosa. Me iludi. Chorei. Me senti sozinha. Magoei quem eu não queria. Precisei afastar de mim pessoas falsas.

No entanto...

Tirei minha carteira de habilitação. Acabei a especialização na faculdade. Consegui finalmente um emprego na área. Ganhei dinheiro com meu suor. Me apaixonei pelas crianças que dei aula. Viajei. Conheci belos lugares. Entrei na academia. Ganhei alguns quilos. Tive saúde. Fui à shows inesquecíveis. Fui ao cardiologista. Aprendi a ir ao cinema sozinha. Li muito.Conheci gente bacana. Me reaproximei de velhos amigos. Vi amizades fortalecidas. Amei. Abracei muito. Cantei muito. Dei risadas. Me diverti com amigos.

Enfim...

Não sei ao certo se 2011 foi um grande ano na minha vida. Uma das coisas que eu mais gostaria que acontecesse, não aconteceu. Mas devo reconhecer,  eu não tenho do que me queixar. Apesar dos pesares, importantes passos foram dados este ano. Consegui realizar muitas coisas, coisas das quais já buscava há algum tempo. Espero que 2012 venha primeiramente com muita saúde . Que , sobretudo, não me falte a fé necessária. Que eu aprenda a ser mais paciente, e que eu possa ter coragem para correr atrás das coisas que tanto desejo.

Um Feliz Ano Novo!